SISTEMA DE COMPENSAÇÃO DE AR

 

Deve-se providenciar o suprimento do ar de compensação na cozinha, de modo a assegurar o perfeito funcionamento do sistema de exaustão. Este suprimento pode ser feito de modo natural, ou forçado por meios mecânicos ou ainda mesclando estas duas formas de suprimento. O volume de ar insuflado no ambiente deverá ser menor que o volume de ar exaurido pelo sistema de exaustão mantendo a cozinha com pressão negativa e forçando o ar a entrar de fora para dentro do ambiente, evitando assim que ocorra dispersão dos odores da cozinha para as áreas adjacentes a mesma, conforme recomendação da NBR 14.601.
O suprimento natural do ar de compensação deve ser feito através de infiltração do ar externo ou da parcela do ar de renovação do sistema de condicionamento de ar dos recintos adjacentes para a cozinha.

A qualidade do ar externo deve ser observada, de forma a garantir a higiene do local.

REDE DE DUTOS utilizada como condutor do ar de reposição podem ser confeccionados em aço galvanizado e podem ser cravados, tipo TDC, Girotubo.

DAMPER DE REGULAGEM DE VAZÃO utilizado para equalização e ajustes de vazão.

CAIXA DE VENTILAÇÃO utilizada para insuflamento de ar nas cozinhas possui gabinete metálico com filtros na captação de ar, contendo exaustor centrifugo de dupla aspiração com rotor tipo SIROCCO, apenas para ar limpo.
*O tamanho dos equipamentos deve ser respeitado, pois o mesmo é definido de acordo com vazão do sistema.
**A utilização de equipamentos abaixo da sua capacidade reduzirá a eficiência do tratamento.

GRELHAS e VENEZIANAS utilizadas para insuflamento e tomadas de ar.

QUADRO ELÉTRICO centraliza o comando e proteção dos motores elétricos.

 

Nossas Instalações >>